terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

O mundo não está ruim! Quem está nele e que não colabora!


Aqui vai um desabafo, de uma mãe de gêmeos de quase 2 anos e um menino de 4 anos, que encontrou três tipos de pessoas, nesta tarde, durante uma  refrescante chuva verão!
Matemática básica: dois braços, dois bebês, chuva pesada. Sem vaga para estacionar, tem que buscar o "mais velho" dentro da escola. Primeira pergunta: com o que eu seguro   o guarda chuvas? ( não respondam...). E antes que me perguntem, não temos mais carrinho gemelar. Quebrou, pois apesar de terem quase dois anos, são enormes e pesam 14 kg cada! O carrinho não aguentou!
Bem, várias mães me conhecem como a mãe do casal de gêmeos ( sem identidade mesmo), e uma delas especificamente, estava no carro ao lado, de boas, me vendo pegar os dois bebês no colo debaixo de chuva e correr uns 50 metros para dentro da escola. Chegando na escola, um pai, muito açucarado ( sim, só podia ser açúcar, pois não queria se molhar!) me vendo com 02 bebês no colo, não deu passagem para não se molhar!!! Criou se um impasse! Eu já soltei : Eh , educação!
Mas mesmo assim, o cara  estava preocupado em não levar os pingões de chuva na cabeça! Torcer para não fazerem isso com a esposa dele, né gente?!
Até aí, já tava tudo lascado mesmo, chego na sala , a professora me questiona: Mãe, cadê o guarda chuvas? Tive que responder que eu só tinha duas mãos!!! Só pra não xingar!
Rezei o mandamento para o mais velho, colocamos a jaqueta e lá vem, aquela mãe que ficou me assistindo tirar o bebês do carro e me solta: " Nossa, que coragem!" -ah... Amiga...não tem a ver com coragem. Não há opções!  Há coisas que devem ser feitas! Ou seria melhor eu deixar meus filhos no carro, a mercê de qualquer incidente? Ou sozinhos em casa, enquanto eu vou buscar o mais velho?
Não estou me vangloriando de nada! O foco do texto é outro! E se não quer mesmo ajudar, não atrapalhe! Ou melhor: Não faça comentários desnecessários!

Então, uma boa alma, que por bênção e coincidência também é mãe de gêmeos, e além de buscar a pé os dois dela, pega mais dois filhos de 4 e 3 anos da vizinha que trabalha, me ajudou com guarda- chuvas e fomos em uma patota de 7 crianças e 2 mulheres até o carro.
Moral da historia : Na verdade, hoje aprendi que quanto mais filhos se tem, mais se divide, se entende e compartilha. Gentileza, vem de quem tem para dar e se põe no lugar do outro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

footer social

Atualizações do Instagram

Topo